A LINGUAGEM POÉTICA E MÍTICA DE RADUAN NASSAR EM “LAVOURA ARCAICA”

THE POETIC LANGUAGE AND MYTH OF RADUAN NASSAR IN “ANCIENT TILLAGE”

  • Verônica Fonseca

Resumo

No romance “Lavoura Arcaica” (2004), Raduan Nassar desenvolve uma relação harmoniosa entre literatura e mito. O mito aparece na forma de releitura original da parábola bíblica do filho pródigo. Entretanto, o autor vai além e inverte a parábola bíblica por três vezes. Em nosso estudo, pretendemos enfocar essa inversão, bem como o retorno do mito na ficção brasileira contemporânea e sua associação com a poesia.


Abstract


In “Ancient Tillage” novel (2004), Raduan Nassar develops a harmonization between literature and myth. The myth appears in the original rereading form of the biblical parable of the prodigal son. However, the author goes further and inverts the biblical parable three times. In our study, we intend to focus this inversion, as well as the return of the myth in the Brazilian word and its association with poetry.

Referências

ELIADE, Mircea. O Sagrado e o Profano. São Paulo: Martins Fontes, 1992

HESÍODO. Trad. JaaTorrano. Origem dos deuses: Teogonia. São Paulo: Iluminuras, 1995.

HEIDEGGER, Martin Trad. Rubens Eduardo Frias. Carta sobre o Humanismo. São Paulo: Centauro, 2005.

NASSAR, Raduan. Lavoura arcaica. São Paulo: Companhia das letras, 2014.

NUNES. Benedito. “Volta ao mito na ficção brasileira”. In: PINHEIRO, Victor Sales (org.). A clave do poético. São Paulo: Companhia das letras, 2009.
Como Citar
FONSECA, Verônica. A LINGUAGEM POÉTICA E MÍTICA DE RADUAN NASSAR EM “LAVOURA ARCAICA”. Episteme Transversalis, [S.l.], v. 9, n. 2, set. 2018. ISSN 2236-2649. Disponível em: <http://revista.ugb.edu.br/index.php/episteme/article/view/991>. Acesso em: 21 nov. 2018.