UM MUNDO EM CÍRCULOS: Ensaio sobre o Conto “De Forno a Forno” de Rubens Figueiredo

A WORLD IN CIRCLES: Essay on “From Oven to Oven” Tale, by Rubens Figueiredo

  • Elisa Andrade Costa

Resumo

Grande parte da ficção brasileira prende-se à tradição realista, buscando descortinar problemas que assolam a sociedade. O engajamento, contudo, algumas vezes, prejudica esteticamente a escrita, reduzindo a obra ao seu aspecto panfletário. O presente estudo empenhou-se em analisar o conto “De forno a forno” presente no livro “Contos de Pedro” do escritor Rubens Figueiredo, com a intenção de enfatizar a criatividade que perspectiva o leitor a pensar o mundo que o rodeia.


Abstract


Much of Brazilian fiction is related to the realist tradition, seeking to uncover problems that plague society. Engagement, however, sometimes aesthetically detracts from writing, reducing the work to its pamphleteering aspect. The present study was devoted to analyzing the tale “From Oven to Oven” present in the book Tales of Pedro, by the writer Rubens Figueiredo, with the intention of emphasizing the creativity that perspectives the reader to think about the world that surrounds him.

Referências

AGAMBEN, Giorgio. O que é o contemporâneo e outros ensaios. Chapecó/SC: Argos, 2009.

BARTHES, Roland. Aula: aula inaugural da cadeira de semiologia literária do Colégio de França, pronunciada dia 7 de janeiro de 1977. Trad. Leyla PerroneMoisés. – São Paulo: Cultrix, 2013.

BOSI, Alfredo. História concisa da Literatura Brasileira. 41ª Ed. São Paulo: Cultrix, 1994.

COSTA LIMA, Luiz. Mímeses: desafio ao pensamento. Rio de Janeiro. Civ. Brasileira, 2000. (p.328)

FIGUEIREDO, Rubens. Contos de Pedro. São Paulo: Companhia das Letras, 2006.

TEZZA, Cristóvão. “Horizonte de chão e paredes” In Folha de São Paulo. Caderno Mais! 14 de maio de 2006.
Como Citar
COSTA, Elisa Andrade. UM MUNDO EM CÍRCULOS: Ensaio sobre o Conto “De Forno a Forno” de Rubens Figueiredo. Episteme Transversalis, [S.l.], v. 9, n. 2, set. 2018. ISSN 2236-2649. Disponível em: <http://revista.ugb.edu.br/index.php/episteme/article/view/996>. Acesso em: 21 nov. 2018.