INFECÇÃO URINÁRIA NA GRAVIDEZ

Fatores De Risco, Prognóstico e Tratamento

  • Felipe Mactavisch da Cruz
  • Vitória da Silva Nascimento

Resumo

Existem diversos fatores que tornam a infecção do trato urinário (ITU) uma pertinente complicação do período gestacional, agravando tanto o prognóstico materno quanto o perinatal. As mudanças anatômicas e fisiológicas impostas ao trato urinário pela gravidez predispõem a replicação de certas cepas de bactérias, transformando mulheres com bacteriúria assintomática em gestantes com ITU sintomática. O presente artigo foi realizado através de revisões bibliográficas e tem como objetivo discutir, o maior risco de ITU em gestantes associando os fatores de risco e virulência bacteriana do patógeno prevalente desta enfermidade e dissertar a profilaxia, diagnóstico e tratamento dessa condição clínica a fim de evitar consequências na saúde da mãe e o feto.

Como Citar
DA CRUZ, Felipe Mactavisch; NASCIMENTO, Vitória da Silva. INFECÇÃO URINÁRIA NA GRAVIDEZ. Simpósio, [S.l.], n. 8, fev. 2020. ISSN 2317-5974. Disponível em: <http://revista.ugb.edu.br/ojs302/index.php/simposio/article/view/1933>. Acesso em: 27 jan. 2021.