A AQUISIÇÃO DE ASPECTO GRAMATICAL NO INGLÊS COMO LÍNGUA ESTRANGEIRA

Uma Investigação do Morfema -ed

  • Juliana Barros Nespoli
  • Jéssica Pereira Tuller
  • Lívia Maria Cavalheiro Ferreira

Resumo

O objetivo deste estudo é contribuir para o entendimento da aquisição das categorias aspectuais em inglês como L2. Mais especificamente, pretende-se investigar a aquisição do morfema -ed do inglês por falantes de português brasileiro. Para tanto, foi desenvolvido um teste de preenchimento de lacunas para avaliar se falantes de português aprendizes de inglês associam os dois aspectos gramaticais básicos, perfectivo e imperfectivo, ao morfema -ed. A análise preliminar dos resultados revela que os aprendizes de inglês associam mais facilmente o morfema -ed ao perfectivo do que ao imperfectivo. Uma interpretação possível é a de que os alunos buscam estabelecer uma relação unívoca entre forma verbal e aspecto gramatical subjacente, existente no português, nas suas produções linguísticas em inglês.

Como Citar
NESPOLI, Juliana Barros; TULLER, Jéssica Pereira; FERREIRA, Lívia Maria Cavalheiro. A AQUISIÇÃO DE ASPECTO GRAMATICAL NO INGLÊS COMO LÍNGUA ESTRANGEIRA. Simpósio, [S.l.], n. 8, fev. 2020. ISSN 2317-5974. Disponível em: <http://revista.ugb.edu.br/ojs302/index.php/simposio/article/view/1967>. Acesso em: 20 jan. 2021.