O TRABALHO DOS ASSISTENTES SOCIAIS NOS CENTROS DE ATENÇÃO PSICOSSOCIAL (CAPS) DA REGIÃO DO MÉDIO-PARAÍBA- RJ:

Reflexões sobre a Política de Saúde Mental na Atual Conjuntura

  • Anastácia Mariana da Costa Melo
  • Ingrid de Oliveira Beppler
  • Scarlet Morene Souza de Castro

Resumo

Este trabalho possui como objetivo apresentar os resultados obtidos na pesquisa de campo realizada no ano de 2019 no Projeto de Iniciação Cientifica “O trabalho do Assistente Social nos serviços substitutivos em Saúde Mental na região do MédioParaíba: um olhar crítico para a Política de Saúde Mental na atual conjuntura”, desenvolvido pelo Centro Universitário Geraldo de Biase, por alunos do Curso de Serviço Social. O mesmo possui como objeto de estudo, o trabalho dos Assistentes Sociais nessa área de atuação específica, sobretudo no que diz respeito à conjuntura política atual. Utilizamos como referencial teórico-metodológico a teoria social crítica e sua compreensão a respeito das relações sociais via políticas públicas. Essa pesquisa apresenta uma reflexão qualitativa, analítica e exploratória e utilizou a técnica entrevistas semiestruturadas com 6 assistentes sociais inseridos nos CAPS do Médio-Paraíba. Foi possível observar que os profissionais possuem um bom conhecimento em relação ao campo da saúde mental, assim como todo movimento político e histórico que acompanha essa área, nesse sentido os entrevistados reconhecem as dificuldades do momento atual frente à continuação e consolidação do projeto da reforma psiquiátrica no Brasil.

Como Citar
MELO, Anastácia Mariana da Costa; BEPPLER, Ingrid de Oliveira; DE CASTRO, Scarlet Morene Souza. O TRABALHO DOS ASSISTENTES SOCIAIS NOS CENTROS DE ATENÇÃO PSICOSSOCIAL (CAPS) DA REGIÃO DO MÉDIO-PARAÍBA- RJ:. Simpósio, [S.l.], n. 8, mar. 2020. ISSN 2317-5974. Disponível em: <http://revista.ugb.edu.br/ojs302/index.php/simposio/article/view/1980>. Acesso em: 20 jan. 2021.