APRENDIZAGEM BASEADA EM EQUIPES

  • Nayara Silva de Alcantara

Resumo

A ABE é uma estratégia que visa promover o desenvolvimento de equipes de aprendizagem através do cunho colaborativo e fornecer a estas equipes oportunidades para se envolver em tarefas significativas. Ela visa a continuidade de atividades através da conexão entre temas que se complementam. Normalmente, a ABE é dividida nas seguintes etapas: divisão de equipes, garantia do preparo através da pré-leitura, teste individual de garantia de aprendizagem, teste coletivo, APELOS ou recursos e apresentação aos outros grupos, intervenção conclusiva e explicativa do professor e avaliação em pares. Nessa atividade, o educador exerce a função de mediador e facilitador do conhecimento, estimulando a autonomia do aluno e o aprendizado em equipes de trabalho. Essa metodologia inclui um conjunto de tarefas e atividades que tem por objetivo tornar o estudante responsável por sua aquisição de conhecimento e promover diversas habilidades e competências como: raciocínio crítico, tomada de decisões, trabalho efetivo e colaborativo, autonomia e proatividade. É interessante a aplicação dessa atividade em temáticas, situações ou teorias que preveem opiniões, interpretações e ideologias optativas distintas. Tal atividade deve ser aplicada em situações em que o conteúdo permite uma divisão em “macrounidades”, que serão direcionadas para os grupos. Os conteúdos ou atividades para aplicação da ABE devem remeter a problemas significantes onde a aplicação de conceitos e teorias é útil. Além disso, é importante que o professor elabore atividades com escolhas específicas dentre alternativas claras, como “ Qual das alternativas o autor concorda mais?” ou “ Qual das opções é a mais favorável?”. Não se esqueça de trabalhar o mesmo “problema” com todos os grupos, para que seja possível a troca de opiniões e fundamentos no momento de apelos e recursos.

Como Citar
ALCANTARA, Nayara Silva de. APRENDIZAGEM BASEADA EM EQUIPES. Simpósio, [S.l.], n. 8, mar. 2020. ISSN 2317-5974. Disponível em: <http://revista.ugb.edu.br/ojs302/index.php/simposio/article/view/2109>. Acesso em: 27 jan. 2021.