A TRAJETÓRIA DO MOVIMENTO PELA EMANCIPAÇÃO DO PROLETARIADO EM VOLTA REDONDA (1978-1983)

  • Paulo Célio Soares
  • Ana Karolina Soares Kabelac
  • Pedro Henrique Neves do Nascimento

Resumo

Esse estudo tem por objetivo apresentar a trajetória do MEP - Movimento pela Emancipação do Proletariado-, em Volta Redonda, entre 1978 e 1983, durante o processo de redemocratização. Nossos objetivos são os de analisar a trajetória e atuação desse movimento em Volta Redonda, sua atuação como forma de resistência à ditadura militar, além da importância e influência desse grupo político no movimento social da cidade no período estudado. Esse trabalho se insere nos marcos da história social, na linha de pesquisa ‘relações de poder, trabalho e práticas culturais’, do curso de História do UGB. Para realizá-lo analisamos diversas fontes bibliográficas, destacando-se Ridenti (2010), que discute e analisa a atuação das esquerdas brasileiras durante a Ditadura Civil Militar, Sader (1988), que demonstra a reorganização dos diversos movimentos sociais com atuação em trabalhos de base e os novos sujeitos políticos que surgiram na década de 1970. Cunha (2019), reconstrói a história do Movimento pela Emancipação do Proletariado e Soares (2019) analisa os grupos de esquerda e os movimentos eclesiais na cidade de Volta Redonda. Consultamos também documentos do acervo digital do Projeto Brasil Nunca Mais, que revelaram as violações de direitos humanos promovidas pela repressão militar. Realizamos também entrevistas com membros da organização na cidade, destacando-se Nilo Sérgio, Marlene Fernandes, Aparecida Diogo, entre outros. Os resultados averiguados revelam que o MEP teve uma atuação destacada, formando diversos militantes para os movimentos sociais locais, além de promover uma política de contestação aos abusos da ditadura.

Como Citar
SOARES, Paulo Célio; KABELAC, Ana Karolina Soares; NASCIMENTO, Pedro Henrique Neves do. A TRAJETÓRIA DO MOVIMENTO PELA EMANCIPAÇÃO DO PROLETARIADO EM VOLTA REDONDA (1978-1983). Simpósio, [S.l.], n. 9, fev. 2021. ISSN 2317-5974. Disponível em: <http://revista.ugb.edu.br/ojs302/index.php/simposio/article/view/2255>. Acesso em: 24 out. 2021.