COMPORTAMENTO DO DESEMPENHO DO SALTO VERTICAL EM ATLETAS JOVENS APÓS UM JOGO SIMULADO DE FUTEBOL

  • Cláudio Luís Toledo Fonseca
  • Paulo Henrique Fernandes de Freitas
  • Vítor de Paula Fortes

Resumo

O objetivo deste estudo foi determinar as alterações no desempenho do salto com contramovimento (CMJ) antes e depois de um jogo simulado de futebol. Foram avaliados 20 atletas jovens do sexo masculino (16,4 ± 0,4 anos) de um clube de futebol profissional divididos em duas equipes de acordo com os critérios técnicos da Comissão Técnica. A coleta de dados foi realizada através do salto com contramovimento (CMJ) em quatro momentos: pré-jogo, pós-jogo, 24 horas e 48 horas após o término da partida. Os resultados demonstraram uma redução significativa (p<0,01) da altura do CMJ somente no momento de 24 horas após o término da partida em relação aos demais momentos avaliativos. Sendo assim, pode-se constatar que uma partida de futebol promoveu uma redução do desempenho do sistema neuromuscular que afetou a capacidade de produção de força dos membros inferiores através do CMJ em atletas jovens de futebol, sobretudo no período 24 após, sendo restabelecida somente 48 horas depois do jogo.

Como Citar
LUÍS TOLEDO FONSECA, Cláudio; FERNANDES DE FREITAS, Paulo Henrique; DE PAULA FORTES, Vítor. COMPORTAMENTO DO DESEMPENHO DO SALTO VERTICAL EM ATLETAS JOVENS APÓS UM JOGO SIMULADO DE FUTEBOL. Simpósio, [S.l.], n. 10, abr. 2022. ISSN 2317-5974. Disponível em: <http://revista.ugb.edu.br/ojs302/index.php/simposio/article/view/2544>. Acesso em: 21 maio 2024.