A CONSTRUÇÃO DO SIGNIFICADO EM ESPAÇOS NORMATIZADOS COMO A SALA DA AULA

  • UGB FERP UGB
  • Alexandre da Silva

Resumo

A compreensão de como se dá a construção de significado linguístico tem sido objeto de
diferentes áreas da investigação científica. Este trabalho propõe que o significado linguístico,
além da cristalização semântica inerente ao léxico, também está associado aos espaços
normatizados, que, a partir das normas que os regulam, estabelecem dimensões de significado
que só podem ser compreendidas se considerado o locus da enunciação. O espaço de sala de
aula é normatizado e, consequentemente, o que é dito assume significado específico nesse
dentro de seus limites. Considerando os achados teóricos da Linguística Cognitiva, procurouse
analisar as questões de interpretação propostas por livros didáticos de língua portuguesa do
Ensino Médio. O objetivo foi verificar como as questões propostas por esse recurso
pedagógico normatiza um tipo de resposta e estabelece o parâmetro de certo e errado dentro
da sala de aula. Trata-se de uma pesquisa bibliográfica, cujos resultados apontam para
organização assimétrica da relação professor-aluno no concernente à construção de
significado.

Como Citar
FERP, UGB; DA SILVA, Alexandre. A CONSTRUÇÃO DO SIGNIFICADO EM ESPAÇOS NORMATIZADOS COMO A SALA DA AULA. Simpósio, [S.l.], n. 2, out. 2017. ISSN 2317-5974. Disponível em: <http://revista.ugb.edu.br/ojs302/index.php/simposio/article/view/273>. Acesso em: 20 ago. 2022.