USO DE RADIOGRAFIAS PARA IDENTIFICAÇÃO DA PRESENÇA DE ESTRUTURAS MINERALIZADAS NO INTERIOR DO HEMIPÊNIS DE LAGARTOS DO GÊNERO POLYCHRUS CUVIER, 1817

  • UGB FERP UGB
  • Altagratia Chiesse

Resumo

A análise das características estruturais do hemipênis dos lagartos representa uma importante ferramenta para estudos de sistemática, pois as variações na forma, tamanho e ornamentação do órgão são usadas para auxiliar a diferenciação de gêneros e espécies. No início da década de 70, estudando as características da ornamentação dos hemipênis de lacertídeos, Arnold (1973) descreve a presença de uma estrutura interna cartilaginosa localizada próximo à região apical que é responsável pela sustentação do hemipênis evertido. Esta estrutura esquelética, que representa uma importante variação sistemática, trouxe uma nova visão sobre as relações entre alguns grupos de lacertídeos. Este trabalho tem como objetivo testar o uso de radiografias como uma metodologia não invasiva para detectar a presença de tecidos mineralizados no interior do hemipênis de lagartos. Foram radiografados 14 exemplares de machos de lagartos de diferentes espécies do gênero Polychrus. A presença ou ausência destas estruturas mineralizadas no interior do hemipênis foi facilmente detectada pelas radiografias, evitando-se incisões no hemipênis que prejudicariam o processo de preparação futura do órgão necessário para a visualização das estruturas de ornamentação e orientação do sulco espermático.

Como Citar
FERP, UGB; CHIESSE, Altagratia. USO DE RADIOGRAFIAS PARA IDENTIFICAÇÃO DA PRESENÇA DE ESTRUTURAS MINERALIZADAS NO INTERIOR DO HEMIPÊNIS DE LAGARTOS DO GÊNERO POLYCHRUS CUVIER, 1817. Simpósio, [S.l.], n. 2, out. 2017. ISSN 2317-5974. Disponível em: <http://revista.ugb.edu.br/ojs302/index.php/simposio/article/view/294>. Acesso em: 20 ago. 2022.