OTIMIZAÇÃO DO TEMPO EM SALA DE AULA

  • UGB FERP UGB
  • Carlos José Oliveira

Resumo

DADOS DE IDENTIFICAÇÃO
A presente prática tem sido aplicada nos Cursos de Direito e Administração.
Curso de Direito: Direito previdenciário, Direito Ambiental e Juizados Especiais Cíveis.
Curso de Administração: IDPPI e IDPPII.
OBJETIVO DA AÇÃO
Proporcionar as discentes um melhor aproveitamento do tempo em sala de aula.
As apresentações do tema proposto, que envolve o exame de vários fatores muitos
deles antagônicos entre si, deveram partir de alguns fatos e pressupostos que envolvem
diretamente o que ocorre dentro de uma sala de aula, e que direta ou indiretamente interferem
no processo de aprendizado.
Faz-se necessário saber de quanto tempo os professores dispõem para apresentar aos
discentes o material contido na ementa, da mesma forma precisa saber de quanto tempo o seu
aluno esta disposto a gastar nesta tarefa, não podemos deixar de observar em que condições
recebemos esses alunos, precisamos ter conhecimento das suas competências, condições
físicas, mentais e emocionais, com base nessas e outras informações poderemos desenvolver
o plano de ensino/aprendizagem que melhor atender ao objetivo proposto.
Sobre o tema colaciono lição de Moram:
Ensinar depende também de o aluno querer aprender e estar apto a aprender em determinado
nível (depende da maturidade, da motivação e da competência adquirida)
É de suma importância conhecermos o perfil e as competências dos nossos alunos, que
em sua maioria são as seguintes: apresentam déficit na formação básica, trabalham durante o
dia ou fazem turnos, possuem baixos salários, custeiam os próprios estudos, dificuldades para
chegarem e saírem nos horários pré-determinados.
Assim, visando proporcionar aos discentes um ensino de qualidade todos os atores
envolvidos devem deixar a sua área de conforto, para isso, o professor deve deixar a área de
segurança existente entre a sua mesa e o quadro negro e os alunos, por seu turno, devem
aceitar sair da proteção proporcionada pelo grupo ao qual estão inseridos e busquem o
processo continuo de aprendizagem.
O processo de otimização do tempo em sala de aula deve ser gradual, e não uma
imposição aos alunos, é necessário que os alunos sintam que eles fazem parte deste processo
de aprendizagem e que eles serão os beneficiados, por outro lado as instituições de ensino
devem proporcionar, dentro do possível, as melhores condições para o processo de
ensino/aprendizagem.
Assim, na busca pela otimização do tempo em sala de aula, o professor deve buscar
meios que lhe permita ultrapassar as dificuldades apresentadas pelos alunos e as limitações
apresentadas pelas instituições. Para tanto, deve-se valer da tecnologia no processo
ensino/aprendizagem, evitando assim, quando possível, a perda de tempo com a transcrição
pelo professor e a cópia por parte dos alunos da material lançado ao quadro negro.
De acordo com Dos Santos:
Para se dar solução a um problema é necessário formular um conceito sobre o seu conteúdo, a
sua profundidade e as conseqüências. Volta-se para a introspecção, abstração e mediação,
com vista a tratar o problema em sua amplitude, de forma racional e, calculadamente, para
II SIMPÓSIO DE PESQUISA E DE PRÁTICAS PEDAGÓGICAS – 2014
ANAIS
que a solução venha a se concretizar pelo uso do raciocínio, da razão e da inteligência e não
apenas baseado no casualismo e na emoção.9
CONTEÚDOS TRABALHADOS
Analise dos fatos vivenciados pelos professores em sala de aula:
1- Atraso dos alunos para o início das aulas, em geral temos a presença de 30% alunos por
volta das 18h45min horas.
2- Alunos que fazem lanches em sala de aula.
3- Alunos que atendem celular em sala de aula.
4- Alunos que fazem o uso de notebook em sala de aula para troca de imail, dar continuidade
o seu trabalho, ver filmes etc.
5- Alunos que constantemente entram e saem da sala de aula.
6- Alunos que prejudicam o transcorrer das aulas com falatório, brincadeiras, etc.
7- Baixo comparecimento dos alunos as vista de provas.
OBS: Os fatos apontados acima podem variar com maior ou menor intensidade de uma turma
para outra.

Como Citar
FERP, UGB; OLIVEIRA, Carlos José. OTIMIZAÇÃO DO TEMPO EM SALA DE AULA. Simpósio, [S.l.], n. 2, out. 2017. ISSN 2317-5974. Disponível em: <http://revista.ugb.edu.br/ojs302/index.php/simposio/article/view/328>. Acesso em: 20 ago. 2022.