OS QUATRO TEMPERAMENTOS HUMANOS COMO RECURSOS PEDAGÓGICOS NA DOCÊNCIA

  • Alexandra Gabriela Sant'ana Pinto
  • Juliana Gomes Coelho
  • Adriana Silva Arantes Ernesto

Resumo

O presente estudo, de caráter bibliográfico, tem como objetivo analisar a contribuição dos temperamentos para a educação, conforme a teoria de Hipócrates. A partir da conceituação, frisou-se a distinção entre temperamento, personalidade e caráter. Subsequente ao conceito de temperamento, houve a análise de cada um deles: colérico, sanguíneo, melancólico e fleumático, com suas características - incluindo qualidades e fraquezas -, e sua influência no processo de ensino – aprendizagem. Esta abordagem fornece aos educadores um conhecimento mais profundo de seus alunos, a partir da observação de sua forma típica de aprender. Desta forma, eles saberão lidar adequadamente com as crianças, tendo em vista suas peculiaridades e colaborando para que sua aprendizagem transcorra com êxito.

Como Citar
GABRIELA SANT'ANA PINTO, Alexandra; GOMES COELHO, Juliana; SILVA ARANTES ERNESTO, Adriana. OS QUATRO TEMPERAMENTOS HUMANOS COMO RECURSOS PEDAGÓGICOS NA DOCÊNCIA. Simpósio, [S.l.], n. 10, abr. 2022. ISSN 2317-5974. Disponível em: <http://revista.ugb.edu.br/ojs302/index.php/simposio/article/view/2503>. Acesso em: 24 fev. 2024.